Enraizados na Palavra

Pentecostes: a preparação para a vinda do Espírito Santo e a coroação da Páscoa de Cristo

Ilustração/ fonte:  hu-benedikt.hr

Cinquenta dias após a Páscoa do Senhor, a Igreja celebra a Solenidade de Pentecostes, que este ano será no dia 20 de maio. Na liturgia, com a celebração de Pentecostes, se encerra o tempo pascal e é retomado o tempo comum.

 Em artigo publicado na edição de abril-junho da Revista Bote Fé da Edições CNBB, o arcebispo metropolitano de Belém do Pará, dom Alberto Taveira Corrêa, fala sobre a vinda do Espírito Santo. No texto, ele relata que a ação do Espírito Santo não se restringe ao interior da vida eclesial, mas se estende e se realiza onde quer que se faça o bem.

Dom Alberto Taveira. Foto/fonte: Arquidiocese de Belém.

 

“De fato, todo suspiro de perfeição e bondade em qualquer recanto da terra tem nele sua fonte. E no tempo da Igreja, até a volta gloriosa do Senhor, o Espírito Santo conduz a Igreja e todos os cristãos” e continua “A vida espiritual, como convite a todos os que escolhem Deus como tudo de sua existência, é chamada à plenitude, no exercício das virtudes e no acolhimento dos dons do Espírito Santo, nos frutos do mesmo Espírito e às bem-aventuranças.”, destaca.

 Dom Alberto reflete ainda que as virtudes fazem as pessoas participarem da vida sobrenatural de Cristo de modo “humano”, como um exercício a que a teologia espiritual chama de “ascese”, árduo caminho de subida até o monte que é Cristo.

“Virtudes são hábitos infundidos pela graça de Deus, iluminados pela fé e fortalecidos pela caridade. Elas são como músculos, forças espirituais que atuam na pessoa, pela graça de Deus. Dentre tantas, a fé, esperança e caridade, virtudes teologais, e as virtudes morais da prudência, justiça, fortaleza e temperança”.

Os sete dons do Espírito, a sabedoria, o entendimento, o conselho, a fortaleza, a piedade e o temor de Deus (Is 11, 1-2) também estão no texto mostrando que os cristãos participam da mesma riqueza de Cristo, pois recebem de sua plenitude “graça sobre graça” (Jo 1, 16).

 “Os dons do Espírito Santo são hábitos sobrenaturais infundidos nas pessoas para que recebam com prontidão as iluminações e moções do Espírito. Trata-se daquilo que a teologia espiritual chama de “mística”. Os dons do Espírito Santo têm a medida do presente que vem de Deus, cuja bondade não tem limites, mas nos “sete dons”, e sete é número bíblico que indica perfeição, reconhecem-se as ações gratuitas de Deus destinadas aos seus filhos”, explica.

De forma bem singela e profunda, o bispo explica cada um desses dons. “Em nossa razão atua o dom da sabedoria, para julgar corretamente as coisas divinas, descobrindo o sabor dado por Deus à vida, em seu plano de salvação. Para que em nós exista a paixão pela verdade, é concedido o dom do entendimento. A ciência é dom do Espírito que leva a pessoa a conhecer as coisas criadas segundo Deus. O conselho orienta as decisões práticas do dia a dia. Em nossa vontade, o Espírito Santo age com a fortaleza, para vencer o medo dos perigos e frear os impulsos da agressividade. O temor de Deus orienta as decisões e leva a vencer a desordem nos sentimentos. Por sua vez, o dom da piedade suscita um coração bom em relação a Deus, aos e parentes, à comunidade e no trato social”.

 O arcebispo de Belém do Pará, finaliza o artigo dizendo que a vida cristã, no encontro de dons e virtudes, caminho de amor e comunhão entre Deus e a humanidade, floresce, enfim, nos frutos do Espírito Santo: “amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, lealdade, mansidão, autodomínio” (Gl 5, 22).

Ele diz ainda que a prática das bem-aventuranças expressa a maturidade da vida cristã: a pobreza de espírito, a mansidão, as lágrimas, a fome e a sede da justiça, a misericórdia, a pureza de coração, a paz e a perseguição por causa da justiça, a mais perfeita delas, que equivale o martírio e abarca todas as outras.

“O Espírito Santo, o grande dom do Cristo Ressuscitado, derramado e acolhido do primeiro e dos sucessivos Pentecostes da vida da Igreja, venha sobre todos nós!”, conclui.

Fonte: CNBB

Hino da JMJ em português será lançado na próxima segunda-feira, dia 14 de maio

Será na próxima segunda-feira, dia 14, que jovens de todo o Brasil conhecerão a versão em português do hino da Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá no Panamá, de 22 a 27 de janeiro de 2019. No mesmo dia, será apresentado o clipe oficial da versão brasileira encomendada pelo Comitê de Organização Local à cantora Ziza Fernandes e à Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

 A gravação aconteceu em março deste ano e reuniu mais de 25 cantores católicos do Brasil. Desde a última semana de abril, o grupo Jovens Conectados, responsável por articular e animar o serviço de comunicação no trabalho de evangelização da juventude tem divulgado o lançamento por meio das redes sociais.

O assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Juventude da CNBB, padre Antônio Ramos do Prado, explica a reflexão proposta pelo papa Francisco para a JMJ, que também se encontra no hino, que é uma “catequese preparatória”.

A proposta de trajetória indicada pelo papa está organizada nos temas da jornada dos três anos, 2017 a 2019 (veja imagem em cima).

 “Esse caminho mariano quer levar os jovens a ter em Maria um modelo de santidade que alimenta a vida de fé e impulsiona-os no seguimento de Jesus Cristo. Ainda nesses três anos, o Papa propõe um caminho espiritual com uma fonte de conotação Mariana, pois ele sabe que os jovens estão sempre a caminhar”, conta.

Francisco também fundamenta o caminho lembrando aos jovens de três pontos, os quais orientam os jovens a fazer memória do passado, ter coragem no presente e ter/ser esperança para o futuro. “Esse caminho deve ser animado pelas três virtudes Teologais: Fé, Caridade e Esperança. O hino da JMJ 2019, perpassa os três temas e ajuda os jovens a aprofundar a espiritualidade mariana que nos leva a Jesus Cristo. O hino também é uma catequese preparatória”, explica o assessor, que destaca o orgulho do Brasil de ter seus cantores católicos escolhidos para a gravação do hino que será distribuído em todas as dioceses de língua portuguesa.

A JMJ 2019 será realizada no Panamá de 22 a 27 de janeiro e terá como tema “Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra (Lc 1, 38)”. Os Atos Centrais, eventos que contam com a presença do papa Francisco, serão na Cinta Costera, avenida às margens da Bahia do Panamá, na Cidade do Panamá. O hino em espanhol da JMJ 2019 está disponível no site oficial do evento: https://panama2019.pa/pt/panama-2019/hino/

Para ouvir o hino em português clique aqui:

 

Inscreva-se no canal Jovens Conectados no Youtube e seja notificado em primeira mão sobre o lançamento da versão em português do hino da JMJ. 

 Fonte: http://www.cnbb.org.br/hino-da-jmj-em-portugues-sera-lancado-na-proxima-segunda-feira/

 

As “notícias falsas”, tema de reflexão para o Dia Mundial das Comunicações 2018

Vaticano, 29 Set. 17 / 11:00 am (ACI).- O Dia Mundial das Comunicações em 2018 será desenvolvido com o tema “A verdade vos tornará livres. Notícias falsas e jornalismo de paz”, segundo informou o Vaticano.

A mensagem do Papa Francisco para este dia é tradicionalmente publicada na festa de São Francisco de Sales, padroeiro dos jornalistas, em 24 de janeiro, e o Dia é celebrado no domingo antes de Pentecostes. Nesta ocasião, será em 13 de maio de 2018.

No 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, a Santa Sé quer tratar das “notícias falsas” ou “fake news”, ou seja, “informações infundadas que contribuem para gerar e alimentar uma forte polarização das opiniões”.

A Secretaria para a Comunicação do Vaticano explicou em um comunicado que “trata-se de uma distorção muitas vezes instrumental dos fatos, com possíveis repercussões sobre comportamentos individuais ou coletivos”.

“No contexto em que as empresas de referência das redes sociais e o mundo das instituições e da política iniciaram a combater este fenômeno, também a Igreja quer oferecer uma contribuição, propondo uma reflexão sobre as causas, as lógicas e as consequências da desinformação na mídia e auxiliando na promoção de um jornalismo profissional, que busca sempre a verdade, e por isto um jornalismo de paz, que promova a compreensão entre as pessoas”, afirma a Secretaria para a Comunicação.

acidigital.com

 

Foto: Captura EWTN. Fonte VATNEWS

MENSAGEM DO PAPA FRANCISCO PARA O LII DIA MUNDIAL DAS COMUNICAÇÕES SOCIAIS:

LEIA A MENSAGEM NO SITE: https://w2.vatican.va/content/francesco/pt/messages/communications/documents/papa-francesco_20180124_messaggio-comunicazioni-sociali.html

 

 

 

A Vida Consagrada da Pan-Amazônia em busca de novos desafios

Foto/fonte: REPAM

 CLAR e REPAM convocam a Vida Consagrada da Pan-Amazônia em busca de novos caminhos de missão. Encontro reuniu quase 100 religiosas e religiosos em Tabatinga (AM).

Encerrou nesta terça-feira (24/04) em Tabatinga (AM) o Encontro de Congregações Religiosas com Projetos em Perspectiva Amazônica. O evento, que começou na sexta-feira (20/04), foi organizado pela Conferência Caribenha e Latino-Americana de Religiosas e Religiosos (CLAR) e a Rede Eclesial Pan-Amazônica (REPAM).

Leia mais:A Vida Consagrada da Pan-Amazônia em busca de novos desafios

Formação Permanente com Leig@s Verbitas

07-07-2018 Notícias da congregação

  Nos dias 02-04 de julho, aconteceu em Suzano, na Casa Nazaré, a Formação Permanente. Aproveitando o Anodo Laicato na Igreja do Brasil foram convidados os Leigos e Leigas das nossas paróquias verbitas. No encontro foi aprofundada a reflexão sobre o Documento 105 da CNBB – “CRISTÃOS LEIGAS E LEIGOS NA IGREJA E NA SOCIEDADE” e Constituição Dogmática Sobre a Igreja...

Leia Mais

Capítulo Geral SVD

07-07-2018 Notícias da congregação

https://www.youtube.com/watch?v=Mljk3b_gK64&feature=youtu.be

Leia Mais

Novo Superior Geral da SVD

07-07-2018 Notícias da congregação

No dia 4 de julho de 2018, os capitulares da Congregação do Verbo Divino (SVD) reuniram-se no Centro Ad Gentes em Nemi, Itália, para o 18º Capítulo Geral, onde foi eleito Pe. PAULUS BUDI KLEDEN, SVD como o 12º Superior Geral da Congregação do Verbo Divino. Pe. Budi Kleden nasceu na Indonésia em 1965. Ele se entrou na Congregação...

Leia Mais